Chacundum é um blog em dolby-stérico de Cláudio Reston, designer-músico e sócio da Visorama Diversões Eletrônicas.

13 de out de 2002

Considerações sobre a volta de Herbert aos palcos:

. Se por um lado sua técnica de guitarra ainda está um pouco debilitada - o que é normal após passar tanto tempo sem tocar (ainda mais nessas condições), por outro sua voz melhorou bastante.

. Sempre curti muito mais o Paralamas em sua formação original, da época que eram uma banda de rock e não uma banda de pop-reggae. Power trio é o que há, som cru e verdadeiro. Mais um ponto pra eles.

. João Barone continua irretocável. É o Stewart Copeland com sangue brasileiro.

. A simplicidade da execução do Bi Ribeiro o faz um dos baixistas brasileiros com mais personalidade no tocar. Frases simples, melódicas e de bom gosto. Curto muito isso. Ele toca a mesma coisa desde o início da banda, e tá muito bom assim.

. Pode parecer piegas, mas o carinho que um tem pelo outro é algo invejável.

. Achei bem legal essa música que tá tocando no rádio. Led Zeppelin a flor da pele.

No mais, continua o Paralamas. Sempre simpatizei com o som dos caras, fez parte da minha adolescência. Teve seus altos e baixos, como toda banda com tanto tempo de estrada, mas no geral sempre foram muito honestos e sinceros com o som que curtem. E não há como não admirar isso.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog